9.3.11

Dia da Mulher

Ontem, além de ser terça-feira de Carnaval, foi igualmente comemorado mais um dia da mulher.
Como é costume (e natural) falou-se em desigualdades... em discriminação sexual... em violência doméstica... em assédio sexual... e uma série de outras coisas que são TOTALMENTE condenáveis!

Valeu um pouco de tudo para chamar à atenção das mentes mais distraidas sobre este(s) problema(s) que infelizmente ainda se verifica em pleno século XXI.

Antes de mais, volto a reiterar a minha opinião que todas essas desigualdades e discriminações são COMPLETAMENTE condenáveis! Todos os esforços para mudarem esta situação são bem vindos.

No entanto, mais uma vez voltou-se a tocar num assunto que, quanto a mim, não é tão simples nem linear como as supracitadas discriminações - refiro-me ao sistema de cotas.

Ora, isto suscita-me uma dúvida: a discriminação só é válida se for positiva?

Seja lá qual for a resposta, a minha opinião é que toda e qualquer discriminação não é aceitável.

Eu sou a favor da "meritocracia". Os melhores devem ser premiados. Os melhores devem ser promovidos. Os melhores devem ter melhores salários. Independentemente da cor, da religião, do partido, do sexo, etc.

Da mesma forma que existem movimentos femininos, existem igualmente movimentos de outras etnias e raças, etc.

Qualquer dia as empresas publicas e privadas terão que contratar para os cargos de chefia, pelo menos, uma mulher, um preto, um cigano e um outro qualquer que se sinta discriminado.
Caso isto venha a acontecer o melhor será contratar uma mulher preta mormon e uma mulher cigana lésbica.... resolvem-se assim vários problemas...


Feliz Dia da Mulher! (um pouco atrasado...)

Um beijo especial às mulheres da minha vida - a minha mãe e a minha mulher (amo-te imenso Angelina! Se isto fosse um pacote de açucar eu diria - Um dia escrevo um post só dedicado a ti...).



*Ricky*

No comments: