3.7.09

Sai do armário!

O investigador inglês Simon Baron-Cohen, da Universidadde de Cambridge, sustenta que o cérebro pode ter características mais masculinas ou mais femininas. Mas isso pouco tem que ver com o sexo das pessoas. Ou seja, tanto os homens podem ter cérebro feminino como as mulheres cérebro masculino.

Aposto que neste momento já estão todos em pulgas para saber se é desta que pegam nas lantejoulas ou naquele top giríssimo que compraram na Zara e soltam a franga que há dentro de vocês.

1. Quando alguém fica melindrado consegue perceber isso rapidamente?
a) Sim, imediatamente.
b) Não, é algo que percebo depois.

2. Quando compra um carro interessa-se por detalhes específicos da mecânica?
a) Raramente.
b) Sempre.

3. A sua relação amorosa é:
a) Muito importante.
b) Não é uma prioridade na minha vida.

4. Quando está a fazer um trabalho manual queima etapas para o terminar rapidamente?
a) Sim.
b) Não, sou sempre meticuloso(a).

5. Tem muita ou pouca paciência para explicar uma questão a alguém que não entendeu à primeira?
a) Muita paciência.
b) Pouca paciência. Irrito-me facilmente.

6. O que prefere ler em revistas ou jornais?
a) Entretenimento e textos sobre comportamento.
b) Reportagens baseadas em factos empíricos e científicos.

7. Percebe facilmente quando alguém quer integrar-se no seu grupo?
a) Noto imediatamente.
b) Tenho dificuldades em perceber.

8. Orienta-se facilmente com um mapa?
a) Não, tenho dificuldades em orientar-me.
b) Muito facilmente.

9. Em geral como se sente em eventos sociais?
a) Muito confortável.
b) Com uma vontade permanente de ir embora.

10. A sua colecção de CD é:
a) Desorganizada.
b) Superorganizada.

11. Se tiver um problema de canalização em casa, o que faz?
a) Chama alguém para consertar.
b) Arranja você mesmo(a).

12. Quando era estudante o que achava das aulas de Matemática?
a) Sempre achei isso dos números muito chato. Não gostava de Matemática.
b) Ficava fascinado(a) com a precisão das regras.

13. Gosta de ver programas de meteorologia?
a) Os detalhes técnicos aborrecem-me.
b) Interessa-me perceber como o clima pode ser tão diferente em lugares tão próximos.

14. Como reage numa discussão?
a) Percebo logo que estou a ir longe demais.
b) Não sei muito bem quando parar.


Resultados:
Se marcou mais A do que B (com uma diferença maior do que três respostas), tem um cérebro mais associado a características femininas.
Caso tenha escolhido mais respostas B, o seu cérebro está mais ligado a atitudes tidas como masculinas.
Se o resultado apresentou uma diferença entre A e B inferior a três itens você tem um cérebro equilibrado entre as características associadas aos dois sexos.


Calma amigos e amigas. Este teste vale o que vale e serve apenas para descobrir a "orientação sexual" do intelecto de cada um… agora, se és um gajo e ficas completamente maluco quando vês o Ricky Martin ou o David Beckam… meu amigo, sai do armário e solta a doida que há em ti.



*Ricky*

5 comments:

Alexandre Vilarinho said...

É pá... o meu deu MACHO daqueles que até explode 3 camisas de cada vez!

Andrea said...

LOOOL!!!

Ok... eu sou a equilibrada.

Repara bem...que pelo menos no cérebro sou equilibrada.

Sinto-me feliz, acho.


Posso soltar a doida que há em mim...na mesma?

=P

Digamos que me chamo Ana said...

Sem querer falar ao respeito a niguem gostaria de dizer que quem quer que criou este teste nao regula bem... Eu sou um ser humano em tenra idade mas até eu sei ver a diferença entre feminino e sensivel... por amor de deus, desde quando começámos relacionar ser-se simpático ou sensivel com ser-se mulher ou feminino. Quer dizer: estamos no sec.XXI e quem quer que tenha confeccionado este teste é um atrasado no tempo que mede-se a ele ou ela proprio e ao mundo por padrões do sec.XIII. Cresçam...

Alexandre Vilarinho said...

Olá, Digamos que me chamo Ana.
Antes demais, quero agradecer o teu comentário. São sempre bem vindos.

Sobre o post em si, gostaria de dizer o seguinte: Nós somos 2 seres humanos a fugir já um bocadinho à tenra idade mas que se comportam como dois putos de 7 anos (daqueles muito mal educados e com tendencia para fazer só asneira). Quase nada do que dizemos deve ser levado a sério. Basicamente, somos parvos.

Obrigado pelo teu comentário (fá-lo sempre que achares necessário) e volta sempre :)

Anonymous said...

LOoooooooooooll. Bem, equilibrismos à parte... Para ti "digamos que me chamo Ana": realmente, deves ser tenrinha... Séc XIII? bela nota, mas desfasada. Havia mais gente efeminada nessa altura que alguma que verás agora. Os homens e as mulheres são diferentes!!! Demos graças. E podes meter a sensibilidade na carteirinha, fofinha, que realmente acho que não sabes o que dizes (espero que o meu post de menina seja sensível o suficiente. E não, o meu intelecto não é masculino...).
Em relação ao teste:vale o que vale sim senhora, mas sim, pode ter interesse consoante o registo em que se considere.Não traz nada de novo, na verdade, mas é divertido e aposto que a primeira coisa que toda a gente fez foi ver a sua pontuação. TU NãO, tenrinha?