22.9.08

Não aceleres que te desfazes.

Foi construído um acelerador de particulas que permitirá a tentativa de recriação do que aconteceu no universo, uma fracção de segundo após o Big Bang. A construção começou em 1933 (!) e foram construidos 27 klm de de tunel no qual vão ser disparados dois feixes de protões à velocidade da luz. As forças libertadas serão capazes não só de distorcer o espaço (assim como a gravidade distorce o espaço ao redor da terra), mas também o tempo.

Para o túnel foram necessários:

• 20 anos de trabalho (e ainda em andamento)
• Equipa formada por mais de 7.000 físicos de mais de 80 países
• 27 km de circunferência, 175 metros abaixo do solo
• Cada túnel é grande o suficiente para passar um comboio
• As temperaturas geradas são de 1.000.000 de vezes mais quentes que o núcleo do sol
• Imans supercondutores são arrefecidos a uma temperatura mais fria que a do espaço profundo

Basicamente, é um projecto científico gigantesco e que merece a nossa admiração e anseio pelos resultados.

No entanto, surgiu rumores de que o projecto era instável e que provocaria, qual filme holywoodesco, "o fim do mundo". Fiz uma pesquisa e, tirando o factor sério de que muitos dos cientistas responsáveis pelo projecto receberam inúmeras ameaças de morte, descobri que o tal "fim do mundo" foi aproveitado pela minha fracção favorita da sociedade moderna e à qual gosto de dar o enfâse que ela merece: a religião (perdoem-me não fazer distinção mas para mim, as matérias fecais são todas idênticas).

Porque é que quando existe algo não se compreende, se atribui ao divino? O Homem tem o dever de, na sua evolução, questionar tudo e obter respostas o mais exactas possiveis. Se assim não fosse, talvez a terra ainda fosse quadrada, a exploração espacial teria sido travada para não "furar o céu" ou mesmo o sexo serviria só para procriação...

Esses gajos são mesmo desmancha-prazeres...

No comments: