6.9.07

Violência policial ou violência?

Corre um vídeo no youtube em que um agente foi filmado a agredir um jovem (de certeza um cidadão exemplar), depois de este jovem ter berrado várias vezes ao seu amigo (que estava a ser questionado pelo policia) "NÃO FALES NADA!".

A notícia diz o seguinte:
"O vídeo que está no site YouTube intitulado ‘Violência Policial’ e que alegadamente mostra uma agressão gratuita a um jovem por parte de cinco agentes da PSP de Lisboa corresponderá afinal a um acto de defesa durante uma ocorrência policial datada de 18 de Novembro de 2006, noite que resultou na detenção e constituição como arguido do jovem pontapeado por um agente.



“A brigada de intervenção rápida que estava de piquete foi nessa noite chamada ao Parque das Nações para intervir junto de dez jovens que estavam a causar desordem na via pública”, garante ao CM António Ramos, presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia.

Saídos da discoteca, os jovens terão lançado alguns piropos a uma rapariga que, revelou a própria aos agentes, se estava a sentir “bastante incomodada” com a atitude dos mesmos. “A confusão começou porque eles não largavam a miúda. E alguém chamou a PSP”, recorda António Ramos.

Quando a polícia chegou ao Parque das Nações, junto ao bar Havana, constatou que os rapazes, residentes em Chelas, estavam embriagados. Tentaram pôr fim à desordem, mas os jovens com idades entre os 20 e os 25 recusaram-se a abandonar o local e terão começado a provocar os agentes. “Os elementos policiais foram confrontados e chegaram a atirar-lhes com cerveja à cara e a cuspir-lhes para cima”, revela o presidente do SPP ao CM.

Aos 36 segundos de vídeo pode ver-se que um dos jovens é empurrado por um agente da PSP depois de se ter queixado de não ter feito “nada de mal”. Segundo o presidente do SPP, o polícia foi ameaçado, apesar de não se conseguir ver com clareza se o jovem com que discute tem alguma coisa na mão. “Esse rapaz foi detido nessa noite e foi constituído arguido pelo procurador do Ministério Público. Levou o pontapé porque estava a ameaçar o agente com uma arma branca. Ele defendeu-se, não houve violência gratuita”, afirma.
"



Eu gostava de ver um vídeo do agente que foi morto na Cova da Moura com tiros de caçadeira ou ver um vídeo do rapaz que foi baleado com dois tiros na cabeça numa estação de serviço e que viria a morrer 2 dias depois ou um vídeo do arrastão na praia de Carcavelos ou um vídeo das dezenas de jovens que são assaltados na Expo todos os fins-de-semana...

O comediante Chris Rock fez um sketch no seu programa, que exprime na totalidade o que eu penso, e que pode ser visto aqui.
Talvez com desenhos os pobres coitados dos injustiçados percebam o que estão a fazer de errado...



Não há inocentes nestas histórias mas a hipocrisia abunda e um pouco de coerência neste país idiota e sensacionalista só ficava bem...

2 comments:

Anonymous said...

Qd andava na Uni, trabalhei como foto-jornalista no jornal da academia...um dia, pediram-me para fazer uma reportagem sb uma RGA...como estudante, estava contra a posição assumida pelo governo e queria dar a imagem de que a RGA tinha sido um sucesso...como pretensa foto-jornalista, achei que deveria ser objectiva e colocar de lado os meus interesses corporativos...foi o que fiz...escrevi um artigo isento, por mais que isso me tivesse custado...
Seja como for, nunca mais me esquecerei da impressão que tive de que a (aparente) verdade dependeria da perspectiva que eu desse do ocorrido: se tivesse tirado as fotos de um determinado ângulo, daria a impressão de q a RGA tinha sido um sucesso, se tivesse tirado de outro, daria a impressão de que tinha sido um fracasso...no fundo, tirei da perspectiva real: n foi nem uma coisa, nem outra...
:D
Neste momento, sempre q me deparo com algum artigo ou reportagem, penso nesta minha experiência e faço, de imediato, uma leitura crítica...é mto pouca a imprensa efectivamente isenta e preocupada em transmitir a verdade nua e crua...existem interesses corporativos demasiado evidenciados e importantes...neste momento, parece que é de bom tom criticar a polícia e os tribunais e a demagogia em torno de tais notícias serve interesses bastante importantes...q o povo só irá entender qd lhe tocar directamente...até lá, o rebanho vai pastando alegre e satisfeito...
Ainda bem q há CÃES entre o rebanho...dizem q a sua missão é guiá-los...e eu acredito em tudo o que me dizem...
:D
Parabéns por esta entrada...é sp bom ver que há quem n se acomoda e se dá ao trabalho de pensar pela sua própria cabeça...
:D
Sónia

Alexandre Vilarinho said...

Mais uma vez, obrigado pelo teu ponto de vista. É sempre bom ter uma opinião sobre os nossos artigos (mesmo que seja a única). :D


lol


volta sempre