27.10.05

SEXO de qualidade para ter qualidade de VIDA

Voltei!...
...e voltei cheio de vontade de fazer coisas boas...


No meu regresso lembrei-me de trazer os benefícios do SEXO...

» no coração (estudos revelam que a actividade sexual diminui a tendência para se sofrer de ataques cardíacos);

» na perda de peso (o dispêndio energético de uma relação sexual equivale a subir dois andares de escada a pé);

» no alívio da dor (dores de enxaquecas, artrites e tensão muscular);

» na pele (circulação de sangue activada provoca uma maior oxigenação nas células da pele);

» na diminuição da ansiedade (ao sentir prazer, o cérebro produz uma substância chamada endorfina que relaxa o corpo e a mente);

» nas insónias (a endorfina libertada melhora a qualidade do sono);

» na boa-disposição (pessoas sexualmente satisfeitas tendem a sentir-se mais bem-dispostas).


Mulheres deste país à beira-mar plantado julgo que são completamente irrefutáveis os evidentes benefícios do SEXO!...
...e sinceramente, eu estou totalmente disposto a melhorar os índices de saúde e qualidade de vida do nosso país!

Contem comigo!!


*Ricky*

5 comments:

Anonymous said...

IÇU TUDO É FALTA??

Anonymous said...

Nunca te deixei aqui um comentário, mas hoje obrigas-me a isso... E dizes tu que eu é que tenho andado mais saída da casca!! Bolas!!! LOL
Bem se pode dizer que isso é que é preocupação pela saúde do país! Espero que ajudes o mais rapidamente possível; o stress da preocupação faz mal à TUA saúde! =p

Só tu realmente... =) beijocas*

Anonymous said...

Isso é que é altruísmo! Muito bem! Ainda bem que há quem esteja preocupado com a saúde das mulheres... então e a dos homens? Também precisam...

Jokas...

Sara

Margarida Portela said...

Isto não é altruismo, é coragem lol com o monte de mulheres com enxaqueca que por ai andam... Viva! Já sei onde vou gastar menos dinheiro... Na farmácia! J n preciso de Panadol n é?! ehehe

Lu said...

"na perda de peso", "na pele"...

Estou a ver que o problema da Valentina Torres e da Lili Caneças é mesmo falta de umas boas "trepadas". Também vais ajudá-las, Ricky?